Polícia desarticula quadrilha, liberta refém e recupera carga de R$ 300 mil

Fonte:
Policiais militares de Várzea Grande prenderam nesta quinta-feira (31) quatro homens por sequestro, roubo e adulteração de sinal identificador de veículos, no bairro Jardim Glória. Foram detidos T.A.C. (34 anos) e C.E.C.S. (35), que seriam donos de um barracão usado no crime; L.S. (34), que dirigia a carreta que tinha sido roubada, além de J.F.S. (31), que estava no barracão, auxiliando os suspeitos. O caminhão foi roubado com carga de cerveja, avaliada em R$ 300 mil.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais estavam em ronda quando perceberam diversas manobras para colocar uma carreta Scania branca, dentro de um barracão. Os policiais tinham conhecimento de que um veículo com as mesmas características tinha sido roubado de um posto de gasolina, em Cuiabá, na quarta-feira (30).

A informação foi confirmada após consulta ao sistema da Polícia. O veículo já estava com a placa adulterada.

Os agentes decidiram monitorar a ação à distância e flagraram o momento em que cerveja foi descarregada e a carreta levada do local.

Matéria continua após a publicidade

Os agentes abordaram dois suspeitos, que permaneceram e alegaram estarem consumindo bebidas no barracão.

Barracão usado pelos suspeitos para esconder a carga roubada, em Várzea Grande (Foto: PMMT)

Outra equipe de policiais seguiu acompanhando a carreta, conduzida por L.S., que apresentou nota fiscal da carga, porém, com documentação em nome de um homem de 41 anos.

Ao ser questionado pelos militares, o suspeito confirmou que o verdadeiro motorista da carreta estava sendo mantido refém por dois homens armados, em um matagal próximo ao município de Santo Antônio de Leverger, e levou os policiais até o local.

Assim que chegaram, os militares encontraram a vítima amarrada em uma árvore, porém, os dois homens que o mantinham em cárcere privado, conseguiram fugir.

O quarto suspeito detido, foi preso em sua casa por ser um dos proprietários do barracão e por também estar envolvido no crime.

Os suspeitos, o caminhão com a carga foram encaminhados à delegacia para as devidas providências.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: Cuiabano News