Superintendente do Procon será candidata a prefeita de Cuiabá

Fonte:

Se depender da secretária-adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT), Gisela Simona, ela será candidata a prefeita de Cuiabá em 2020, pelo PROS (Partido Republicano da Ordem Social). Respaldada pela boa performance nas urnas no ano passado, quando obteve mais 50 mil votos para deputada federal, o que lhe rendeu a primeira suplência, Simona disse que está  disposta a encarar a disputa, desde que isso seja a vontade do partido. Detalhe: O PROS já fechou questão sobre isso. No último sábado (30), em reunião do partido em sua sede, em Cuiabá, seus dirigentes lançaram a pré-candidatura de Gisela ao Palácio Alencastro, para o pleito de 2020.

“O fato de ter tido 12% dos votos válidos na Capital, na disputa do no passado, o que significa uma aparente aprovação, faz  com que o PROS tenha meu nome para disputar a prefeitura e eu estou pronta, estou aberta, pois sou uma soldado do partido”, admitiu Simona, ao HiperNotícias.

Para ela, se o projeto de candidatura for realmente posto em prática, terá que ter em seu conteúdo ideias bem diferentes das que estão sendo colocadas em prática pela atual gestão municipal. A republicana avalia que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sempre pregou que faria uma gestão humanizada, mas que “lá na ponta não é isso que se vê”.

Matéria continua após a publicidade

“Não concordo com o atual modo de gestão. As pessoas estão sofrendo com o caos na Saúde, a ausência de gestão eficaz no pronto-socorro, a situação da Santa Casa, são falhas que não poderiam estar ocorrendo e, por outro lado, a gente vê gastos em áreas que não são as prioritárias para o dia a dia das pessoas”, criticou.

Se a eleição fosse hoje, conforme Gisela Simona, o PROS seria o principal projeto alternativo a ser apresentado aos eleitores cuiabanos.

“Somos a opção de uma nova política”, emendou.

Mesmo estando no staff de um governador do Democratas que, em tese, também terá candidato a prefeito na Capital, Gisela argumenta que isso não a deixa acuada e nem vinculada politicamente ao governador.

“Meu compromisso com o governo é técnico, é  um compromisso de desempenhar meu trabalho no Procon, agora minha vida política é com o PROS, de onde eu não pretendo sair e minhas pretensões políticas serão decididas junto ao PROS”, finalizou.

Em números absolutos, Simona obteve 50.682 na disputa à Câmara Federal; desses, mais 30 mil foram conquistados em Cuiabá.

Fonte: Hipernotícias