Rapaz que matou ex a facadas é morto em confronto com PM em MT

Fonte:

Odir da Rosa Santos, 23 anos, que é acusado de matar a sua ex-companheira Laiany Lemes de Almeida, 18 anos, com pelo menos 18 facadas na noite da quinta-feira (27) no município de Peixoto de Azevedo (674 km de Cuiabá) foi morto após trocar tiros com policiais militares. A situação aconteceu na madrugada desta segunda-feira (2).

De acordo com informações repassadas ao FOLHAMAX, a Polícia Militar teria recebido uma denúncia anônima informando que Odir estaria na região do município de União do Norte, próximo a BR-163. Com isso, os agentes de segurança foram até o local citado e identificaram o rapaz que estava sem camisa.

Odir, aos ver os militares, efetuou um disparo de arma de fogo no intuito de facilitar sua fuga. Em seguida, entrou em uma região de mata.

Matéria continua após a publicidade

Pouco tempo depois, os agentes de segurança encontraram o acusado novamente próximo já a Peixoto.

O homem novamente disparou contra os policiais, que revidaram a ação e trocaram tiros com o criminoso. Odir foi atingido com diversos disparos e, devido a gravidade dos ferimentos, acabou morto.

Membros da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local da troca de tiros e realizaram os primeiros trabalhos necessários. Na sequência, os agentes do Instituto Médico Legal (IML) levaram o corpo para exames de necropsia.

O caso passa a ser investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC).

Fonte: Folhamax