PF prende mulheres que traficavam drogas pelo Aeroporto de VG

Fonte:

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (13) duas mulheres utilizadas como “mulas” para traficar cocaína por meio do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. “Mulas” são pessoas arregimentadas para fazer o transporte da droga.

As investigações da Operação Camada começaram no ano passado, quando a PF identificou uma das mulas utilizadas para o crime.

Na época, os agentes monitoraram e identificaram que a criminosa transportava os entorpecentes presos em sua barriga. As drogas seriam levadas para os estados do Espírito Santo e Maranhão.

Matéria continua após a publicidade

Além da cocaína, com ela os policiais federais também apreenderam seu celular, que continha vídeos com as drogas que seriam traficadas para outros estados.

“Ó como é que eu estou aqui, meio mundo de pó que chegou aqui. Não sei como é que eu vou fazer, entendeu? Porque vou precisar arrumar o dinheiro de mais uma passagem para mandar duas pessoas de uma vez porque não posso ficar com esses ‘trem’ aqui em casa, Fábio”, afirma no vídeo.

Com essas investigações, a PF conseguiu identificar as outras criminosas envolvidas que teriam “preparado” essa mula para levar a cocaína pelo aeroporto.

Os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela 3ª Vara Criminal de Várzea Grande. As penas dos crimes investigados podem resultar em uma pena total de 25 anos de reclusão.

A operação tem como objetivo prevenir e reprimir o tráfico de drogas por meio do aeroporto, uma vez que o uso deste modal tem aumentado significativamente.

As investigações e investidas contra o tráfico de drogas continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.

Fonte: Midianews