Cuiabá deve decretar emergência devido a onda de calor

Fonte:

Seguindo o exemplo do governador Mauro Mendes, o prefeito Emanuel Pinheiro vai baixar na próxima quinta-feira (12) um decreto contendo algumas medidas em relação às queimadas urbanas. Como prefeito da Capital, ele disse que não pode ficar omisso em relação ao assunto e tem que fazer algo para ajudar o Estado e a União. Ele pediu um relatório para a Defesa Civil detalhando a situação em relação à baixa umidade do ar, que no período entre 10h e 17h está abaixo de 20%.

A preocupação de Emanuel é especialmente com os idosos, crianças e profissionais da educação, os agentes de trânsito (amarelinhos) e garis, que durante o dia em suas atividades estão mais expostos a ação das altas temperaturas. Em conversas com os secretários das pastas de Assistência Social, Educação, Mobilidade Urbana e Serviços Urbanos, o prefeito já alinhavou algumas decisões que devem estar contidas no decreto que ele pretende baixar na quinta.

Fonte: Folhamax

Matéria continua após a publicidade