Conselheiro desce 16 andares em 2 minutos para esconder cheques; vídeo

Fonte:

Waldir Teis foi denunciado e preso por obstrução a Justiça

Câmeras de segurança de um prédio de comercial na Avenida do CPA em Cuiabá registraram o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado, Waldir Teis, descendo 16 andares de escada no dia 17 de junho, durante a Operação Gérion – 16ª fase da Operação Ararath. Teis tentava esconder talões de cheques que podem ajudar a Polícia Federal a desvendar um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro.

As imagens mostram que o conselheiro desceu todos os 16 andares em cerca de 2 minutos – entre as 08:40 e 08:42. Ele só não contava que era seguido por um policial federal, que ficava na espreita para não ser visto.

Porém, quando chegou no térreo, Teis dispensou os talões de cheque num cesto de lixo. Foi aí que foi abordado pelo policial federal, que deu o flagrante na tentativa de destruição de possíveis provas.

Enquanto o policial fazia imagens do material dispensado no lixo, o conselheiro afastado se apoiava na parede. Aparentemente cansado, ele ainda tentou argumentar com o agente da lei.
Matéria continua após a publicidade

A 16ª fase da Operação Ararath cumpriu 19 mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos conselheiros afastados do TCE. A ação investiga lavagem de dinheiro de uma suposta propina paga pelo ex-governador Silval Barbosa para ter as contas aprovadas e não ter dificuldades na execução das obras da Copa do Mundo e do programa MT Integrado. Também apura supostas fraudes em contrato do órgão com empresas de tecnologia de informação.

 

Com Informações: Folhamax