VG passa a ser a cidade com o maior número de mortos por coronavírus em MT

Fonte:

Com a morte do empresário Donizete Braz, 64, Várzea Grande passa a ser a cidade com o maior número de residentes mortos pelo novo coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso. A cidade, que liberou o funcionamento de shoppings, academias e restaurantes, completou 153 anos nesta sexta-feira (15).

Já são quatro óbitos no município. Além de Donizete, faleceram na cidade em decorrência da doença o assessor parlamentar Beijamir Sarat Pereira, 53 anos, Benedito Roseno de França, de 51 anos, e uma idosa de 72 anos que morreu no dia 7 de maio.

Apesar de Cuiabá registrar seis óbitos, quatro deles eram de pessoas que não viviam na capital, mas estavam internadas em hospitais da cidade. A cidade de Barra do Garças tem o registro de três mortes e está na segunda colocação. Várzea Grande agora segue com o maior número de residentes mortos pela doença.

Matéria continua após a publicidade

Abertura

Várzea Grande foi uma das primeiras cidades do estado a decidir reabrir o comércio e, nisso, a prefeita incluiu academias, shoppings, cinemas, restaurantes e bares. Na última quarta-feira (13), no entanto, Lucimar voltou a endurecer as regras reduzindo os horários de funcionamento.

Assim, o Shopping Center passou a funcionar das 10h às 20h; o comércio em geral, das 8h às 18h; e os estabelecimentos de gêneros alimentícios como supermercados, mercados, padarias, lanchonetes, bares, restaurantes entre outros das 6h às 21h.

As aulas da rede municipal estavam marcadas para retornar, inicialmente, no dia 5 de maio. Depois, o retorno foi adiado para a próxima segunda-feira, dia 18 de maio. No entanto, agora foi suspenso, sem data prevista.

Fonte: Olhar Direto