Venezuelana é espancada e estuprada ao recusar sexo em VG; agressor apanha

Fonte:

Uma venezuelana, de 30 anos foi espancada e estuprada por um cliente em um motel, na região do Zero KM, em Várzea Grande. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (02). A localidade é conhecida como ponto de prostituição.

A vítima relatou à Polícia Militar que combinou com dois homens um programa. No entanto, apenas ela e A.S.D.P. entraram na suíte do motel.

O cliente tentou várias investidas, mas a mulher disse que desistiu do sexo e quando se preparava para ir embora, foi puxada pelo agressor que a jogou na cama e ainda deu uma mordida em seu braço direito.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com a vítima, ela foi violentada pelo agressor, que a obrigou manter relação sexual com ele, sem o uso de preservativo.

A vítima conta que depois do estupro saiu correndo do quarto nua, gritando por socorro. Populares ouviram seus gritos e a ajudaram. O agressor levou uma surra das testemunhas que ficaram revoltadas com a situação.

Conforme a PM, o acusado ainda tentou resistir à prisão, aparentando estar sob efeito de drogas.

O caso foi registrado como estupro e lesão corporal.

Fonte: Repórter MT