Sema interdita piscina de ondas e tobogãs do Ácqua Park e aplica multa de R$ 200 mil

Fonte:

Fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), realizada na sexta-feira (31), interditou duas etapas do Ácqua Park, na Estrada do Manso, em Cuiabá, que funcionavam sem alvará. O empreendimento, que tem como um dos sócios o conselheiro afastado do Tribunal de Contas (TCE), Sérgio Ricardo, foi multado em R$ 200 mil.

Segundo informações da Sema, os servidores foram ao local para monitorar as causas que resultaram na lavratura do termo de embargo ocorrido em 18 de junho de 2018. Durante a vistoria, foram identificadas desconformidades com o parecer técnico emitido pela Sema. O empreendimento só possuía autorização para operar em duas etapas, sendo elas A e B.

No entanto, no momento da vistoria, já se encontravam em operação as atrações da etapa C, que são elas: piscina de ondas, tobogã maior/piscina do tobogã, perfazendo um total de 4.943,96 metros quadrados operando e utilizando recursos naturais sem licenciamento, além da realização a reforma/alteração do projeto sem as devidas autorizações (piscina infantil).

Matéria continua após a publicidade

Diante das inconformidades encontradas, a Pasta lavrou um novo termo de embargo. A Sema, por meio da assessoria de imprensa, informou que se coloca à disposição para mais esclarecimentos.

Através de publicação no Facebook, o Ácqua Park justificou que a piscina de ondas passa por manutenção, assim como três dos nove toboáguas.

Fonte: Olhar Direto