Programa ‘Cuiabá, Capital das Águas’ prevê instalação de fontes luminosas em praças e rotatórias

Fonte:

A entrega da nova Praça Santos Dumont, nesta terça-feira (12), marca também o lançamento de uma nova iniciativa da Prefeitura de Cuiabá. De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, o tradicional espaço de lazer situado na Avenida Getúlio Vargas é o ponto de partida do programa “Cuiabá, Capital das Águas”, que será desenvolvido ao longo da gestão.

Conforme explica o chefe do Executivo municipal, a ação é uma criação da primeira-dama Márcia Pinheiro e prevê a construção de fontes luminosas ou chafariz em praças e rotatórias distribuídas pela cidade. Para Emanuel, além de contribuir para amenizar o clima quente de Cuiabá, os equipamentos também deixarão a cidade mais bela.

“Todas as praças e rotatórias, onde for possível, serão alcançadas. Vamos fazer um embelezamento nesses locais. Cuiabá é uma cidade quente, calorosa, em que há a necessidade de ser cercada dessas fontes de água. Elas serão luminosas, coloridas, que ajudarão a amenizar a temperatura e irão deixar nossa cidade muito mais linda”, explicou o prefeito.

Matéria continua após a publicidade

O gestor relata ainda que a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) será o órgão responsável por mapear os locais, elaborar e executar os projetos de acordo com o conceito que cada região oferta. Segundo ele, a construção desses equipamentos respeitará os princípios da viabilidade técnica de cada local e também de orçamento.

O primeiro espaço a ser contemplado com o programa “Cuiabá, Capital das Águas” é a praça Santos Dumont que, agora, conta com o equipamento instalado exatamente no centro do espaço de lazer e integração social. A fonte já passa a funcionar nesta terça-feira (12), com jatos de água luminosos em quatro cores (azul, verde, amarelo e rosa).

“A praça Santos Dumont não tinha um chafariz. Hoje vamos entregá-la já com essa novidade para a população. Também já iniciamos esse trabalho na Avenida Dante Martins de Oliveira, na rotatória que dá acesso ao Jardim Itália. É um programa gradativo e contínuo que, ao longo da nossa gestão, irá avançar para toda cidade”, completa.