Primeiro piloto autista do Brasil participa de corrida em MT

Fonte:

A segunda etapa do Campeonato Estadual Mato-grossense de Kart ocorreu na manhã deste domingo (24), em Várzea Grande. A competição reuniu, ao todo, 22 pilotos de várias cidades de Mato Grosso. Um deles é especial: Dimitry Kalinowski, de 22 anos, que tem TEA (Transtorno do Espectro Autista).

Rafael Soares, vice-presidente do Kart Club, revelou que o local abraçou a causa justamente após Dimitry começar a frequentar o espaço.

“O Dimitry apareceu aqui no Kart Clube há pouco mais de dois anos. Começou a treinar aqui, e vimos que era uma questão especial. Aí o clube resolveu abraçar a causa, os pilotos autistas. Trazer as crianças, e incentivá-las a ter um desenvolvimento melhor no esporte”, revelou.

Matéria continua após a publicidade

Abril é o mês azul de conscientização sobre a inclusão de pessoas com autismo, e o Kart Clube preparou uma homenagem à ocasião.

“Eu não deveria ser capaz de dirigir, pois tenho autismo. A maioria não consegue dirigir, mas estou aqui. Sou piloto de corrida, e mostro o que um autista é capaz de fazer. Autista pode fazer muito”, dá o recado, Dimitry.

dimitry kali
Piloto Dimitry posicionado no carro de corrida. (Foto: Reprodução)

Mãe e filho, união para o sucesso

A mãe de Dimitry, Branca Fernandes, é realizada por ver o filho feliz, fazendo o que gosta e crescendo no esporte. Ela é uma parceria no filho, dentro e fora das pistas.

“Como o Dimitry não consegue se comunicar muito bem, sou eu quem faço esse intermediário. Inclusive, entre mecânico, federação e comissário de prova. Sou uma intérprete dele. Eu explico para os outros o que é o Dimitry autista, e explico para o Dimitry autista os outros. Ele não entende o por quê de determina situações”, conta a mãe.

Branca dá um conselho para sociedade, quanto à população com TEA: “O autista pode muito, inclusive, ser piloto. Então, isso é referencial”, conta.

De mãe para filho, Dimitry entendeu o recado de que várias coisas são possíveis.

“Sou a prova de que dá pra entrar, e fazer bonito”, fala o jovem.

piloto dimitry
Competição ocorreu no Kartódromo de Várzea Grande. (Foto: Reprodução)

O autismo

Em todo o mundo, mais de 70 milhões de pessoas são autistas, o que corresponde a cerca de 1% da população mundial, segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas).

O autismo é um transtorno caracterizado pelo atraso no desenvolvimento das habilidades sociais, comunicativas e cognitivas.

Por outro lado, com capacidade de memória acima da média, facilidade para aprender visualmente, atenção a detalhes e à exatidão, os portadores podem se destacar em diversas atividades.

Fonte: Primeira Página