Primeira etapa do novo PS entra em funcionamento nesta segunda

Fonte:

A primeira etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) entra em funcionamento nesta segunda-feira (25). Seguindo o cronograma estabelecido pelo prefeito Emanuel Pinheiro, junto à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) o primeiro setor a ser aberto será o ambulatório.

O local funcionará das 7h às 17h com intervalo para almoço e atenderá, nesse primeiro momento, apenas pacientes encaminhados pela Central de Regulação do Sistema Único de Saúde – SUS Cuiabá. De acordo com o secretário de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho, é importante que a população tenham essa informação para não buscar atendimentos no local de forma equivocada.

“É importante que as pessoas compreendam que um ambulatório é destinado a atendimentos eletivos, ou seja atendimentos que já estão aguardando na fila da Central de Regulação para serem realizados. Dessa forma, o ambulatório do HMC terá o foco de atender só pessoas encaminhadas pela Central de Regulação visando ofertar mais celeridade e humanização para as pessoas que aguardam há muito tempo para fazer um exame ou consulta especializada. O atendimento ao público de ‘portas abertas’ acontecerá na primeira quinzena de maio, no Dia dos Trabalhadores (01) ou no Aniversário de Mato Grosso (09), quando o HMC estará 100% funcionando, inclusive o novo pronto-socorro da Capital que fará parte do complexo hospitalar”, explicou o secretário de Saúde.

Matéria continua após a publicidade

ESPECIALIDADES E EQUIPE

Ao todo serão ofertadas oito especialidades médicas a partir desta segunda-feira. Dentre elas estão: ginecologia, mastologia e ginecologia cirúrgica, cardiologia, dermatologia, clínico em saúde mental, endocrinologia, ortopedia geral e ortopedia de quadril e joelho.

Segundo o secretário-adjunto em Assistência em Saúde, Luiz Gustavo Raboni, as especialidades foram selecionadas seguindo as principais demandas da Central de Regulação e também pelo perfil de profissionais que irão compor a equipe.

“Com a abertura do ambulatório do HMC, a SMS está dando resolutividade para dois grandes desafios, o de tornar mais célere os atendimentos que hoje contemplam nossas maiores filas. E o de fazermos isso sem prejudicar a qualidade dos atendimentos ofertados nas demais unidades – uma vez que precisaríamos redimensionar os profissionais para cumprir a determinação judicial. Para essa última, nós solicitamos o retorno de vários profissionais cedidos”, finalizou.

Fonte: Hipernotícias