Polícia prende cinco membros do Comando Vermelho com colete, pistola da PM e outras armas

Fonte:

A Polícia Civil de Mato Grosso deflagrou neste domingo a Operação Poconé Segura, com o cumprimento de mandados de buscas e apreensões domiciliares para subsidiar investigação de crimes de roubo, tráfico de drogas, receptação e posse irregular de arma de fogo no município. A operação contou com apoio da Gerência de Operações Especiais da PJC (GOE)  e prendeu cinco suspeitos, supostos integrantes da facção criminosa Comando Vermelho em Mato Grosso (CVMT).

A equipe da Delegacia da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral, cumpriu quatro mandados e deteve cinco pessoas suspeitas pela prática dos crimes. Três dos suspeitos foram autuados em flagrante por associação criminosa majorada, receptação, posse irregular de munições, posse irregular de arma de fogo adulterada e tiveram as prisões preventivas representadas ao Poder Judiciário de Mato Grosso.

Um dos suspeitos, inclusive, utilizou um nome falso, durante o cumprimento dos mandados, para tentar fugir da investigação. As duas mulheres detidas foram ouvidas na delegacia e posteriormente liberadas.

Matéria continua após a publicidade

Foram apreendidas armas de fogo, sendo uma pistola .40, espingardas, munições, aparelhos celulares, televisores, entre outros produtos sem comprovação de origem. A pistola é produto de roubo cometido em Cuiabá e pertence a um policial militar. Um colete balístico também foi apreendido em uma das residências.

“A operação obteve bastante êxito por conseguir localizar a arma roubada e retirar as demais de circulação. São resultados que obtivemos em parceria com a sociedade local para inibir a prática de diversos crimes que vem ocorrendo no município. O empenho da equipe da delegacia foi fundamental para termos êxito na operação e coletar material que possa fornecer provas à investigação em andamento”, destacou o delegado.