Pais fogem de hospital com bebê indígena que testou positivo para Covid

Fonte:

Os pais de uma criança indígena de aproximadamente dois anos de idade fugiram com ela de um hospital no município de Santa Terezinha (a 1292 km de Cuiabá), após um médico solicitar a transferência do bebê para uma unidade de saúde no Tocantins. A criança testou positivo para Covid-19 e estava com quadro de desnutrição e desidratação.

De acordo com informações da polícia, por volta das 15h de ontem (16) a diretora do hospital do município de Santa Terezinha compareceu ao núcleo da Polícia Militar da cidade e narrou que uma criança indígena estava em tratamento deste a sexta-feira (14), com quadro de desnutrição, desidratação e também tinha testado positivo para Covid-19.

Os pais de uma criança indígena de aproximadamente dois anos de idade fugiram com ela de um hospital no município de Santa Terezinha (a 1292 km de Cuiabá), após um médico solicitar a transferência do bebê para uma unidade de saúde no Tocantins. A criança testou positivo para Covid-19 e estava com quadro de desnutrição e desidratação.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com informações da polícia, por volta das 15h de ontem (16) a diretora do hospital do município de Santa Terezinha compareceu ao núcleo da Polícia Militar da cidade e narrou que uma criança indígena estava em tratamento deste a sexta-feira (14), com quadro de desnutrição, desidratação e também tinha testado positivo para Covid-19.

Diante da gravidade do caso de saúde da criança, o médico solicitou a transferência dela para uma unidade de saúde no Estado do Tocantins. No entanto, durante a madrugada os pais pegaram a criança, pularam a janela do hospital e fugiram do local. O caso ainda está sendo investigado.

Fonte: Olhar Direto