Mato-grossense é a 1ª mulher trans a disputar Miss Supranational Brasil

Fonte:

A etapa brasileira de um dos maiores concursos internacionais de beleza feminina terá pela primeira vez uma representante trans. A cuiabana Isabelle Castro, de 28 anos, disputa nesta sexta-feira (06.05) o título de Miss Supranational Brasil com outras 26 concorrentes. Caso ganhe, a mato-grossense segue na disputa pelo Miss Supranational mundial realizado anualmente na Polônia.

Em Cuiabá, Isabelle Castro trabalha como uma das mais requisitadas maquiadoras da capital de Mato Grosso. Ela, que já está em Balneário Camboriú (SC) para a disputa, se define como uma mulher “guerreira, determinada, que luta incansavelmente por igualdade e por dias melhores”. Conforme a organização do evento, antes de Isabelle, nunca houve uma candidata trans nas competições da franquia.

A vencedora da competição sucederá Deise Benício, modelo potiguar radicada em Brasília, e vai disputar o mundial no dia 15 de julho, na cidade de Nowy Sacz, na Polônia. Ela também será a primeira a receber a nova coroa do concurso, uma joia exclusiva criada pelo designer de joias Tiago Seixas.

Matéria continua após a publicidade

Dos 5 concursos mais importantes do planeta, grupo chamado de Grand Slam (Miss Mundo, Miss Universo, Miss Grand International, Miss International e Miss Supranational), o Miss Supranational é o único que nunca teve uma brasileira entre as 5 primeiras classificadas desde que foi criado, em 2009. O melhor resultado do Brasil foram os sextos lugares obtidos por Karine Osório (2009) e Bárbara Reis (2018). A vencedora da disputa nacional terá a difícil missão de quebrar esta regra.

Mais sobre o concurso

A empresa responsável pela organização, bem como realização do evento é a Nowa Scena que tem como experiência, 20 anos atuando na indústria de eventos e organização de concursos de beleza globais. A organização tem o polonês Gerhard Parzutka von Lipinski como diretor executivo. A atual detentora do título é a tailandesa Anntonia Porsild, eleita em 6 de Dezembro de 2019.

Fonte: PNB Online