Hotel Deville fecha as portas por causa da pandemia de coronavírus

Fonte:

A administração do Hotel de Deville Prime, que foi inaugurado na Capital em 2009, decidiu fechar as portas nesta quinta-feira (26) devido aos efeitos negativos na economia por causa do novo coronavírus. A suspensão dos serviços e atendimentos, conforme apurou a reportagem, vai durar até que a crise provocada pela doença termine, ou seja, ainda não há uma data definida.

O hotel, que fica na Avenida Isaac Póvoas, também realizou um bazar para vender carnes e laticínios e evitar desperdícios, que encerrou na tarde desta quinta.

Para encerrar as atividades temporariamente a empresa fez um acordo com os funcionários para evitar demissões. Alguns trabalhadores vão receber 70% do salário para trabalhar em home office, já os demais como, por exemplo, segurança, recepcionistas e outros devem continuar trabalhando de forma presencial.

Matéria continua após a publicidade

A situação econômica em Mato Grosso, que já não era boa, ficou ainda mais complicada com a pandemia do coronavírus que chegou ao Brasil causando milhões de prejuízos. Em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) determinou o fechamento do comércio até o dia 05 de abril e, com isso, muitos empresários e representantes de empresas deixaram de vir à Capital realizar negócios.

Além disso, pelo menos 80% dos voos foram cancelados, o que impossibilita a vinda do empresariado ao estado, causando uma queda no número de hóspedes.

Diante das incertezas, após decreto do governador Mauro Mendes (DEM) autorizando o comércio a funcionar e do prefeito Emanuel Pinheiro determinando o fechamento. O que deixa os comerciantes sem saber qual decisão tomar.

Fonte: Repórter MT