Governo orienta Cuiabá, VG e outras 11 cidades de MT a adotarem o lockdown

Fonte:

Com o avanço da Covid-19, o coronavírus, por Mato Grosso, cresce diariamente o número de casos registrados e diminuem os leitos disponíveis para pacientes infectados. Diante deste quadro, o governo estadual orientou, por meio do decreto nº 522, que as cidades mais agravadas pela pandemia adotem medidas severas. Dados do último boletim epidemiológico da secretária de Estado de Saúde (SES) apontam que Cuiabá, Várzea Grande e outros 11 municípios já podem aderir às ações mais restritivas, como o “lockdown”, popularmente conhecido como o confinamento total.

De acordo com o informe emitido pela SES na noite de quarta-feira (17), 13 cidades mato-grossenses estão classificadas com risco “Muito Alto” e, por conta disso, estão orientadas a aderirem à quarentena coletiva por no mínimo 15 dias, criação de barreiras sanitárias e outras ações. Os municípios listados são: Cuiabá; Várzea Grande; Nossa Senhora do Livramento; Alta Floresta; Cáceres; Nova Mutum; Pontes e Lacerda; Porto Esperidião; Primavera do Leste; Rondonópolis; Sinop; Sorriso e Tangará da Serra.

Estas cidades foram orientadas pois possuem mais de 40 casos ativos de pessoas infectadas e a ocupação de leitos está em situação de alerta. Contudo, há municípios também classificados com risco “Alto” e que já estão orientados a se prepararem para implantação de um possível lockdown caso a situação do curso da doença não melhore. Neste sentido, há 35 cidades listadas para avaliarem a adoção futura da medida mais restritiva. Estes municípios têm mais e menos de 40 casos ativos da doença.

Matéria continua após a publicidade

Ainda segundo o último boletim da SES, Mato Grosso tem pouco mais de 23% dos leitos de UTIs exclusivos para pacientes com Covid-19 disponíveis. Em números absolutos, isso significa que há 58 unidades abertas das 248 destinadas aos pacientes. Quantos aos leitos de enfermaria a situação é inversa, a taxa de ocupação segue na casa dos 21%, fazendo com que o estado ainda tenha 645 leitos disponíveis dos 816 destinados exclusivamente para tratamento de pessoas infectadas pelo vírus.

Na noite de quarta-feira, Mato Grosso ultrapassou os 7,3 mil casos de contágio pela Covid-19, sendo que 487 destas ocorrências foram registradas apenas em 24 horas. Além disso, no mesmo período foram registradas 22 mortes pela doença, fazendo com que o estado já contabilize 272 óbitos por conta do coronavírus.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos da doença, estão Cuiabá (2.021), Várzea Grande (628), Rondonópolis (611), Primavera do Leste (309), Tangará da Serra (283), Sorriso (269), Confresa (246), Lucas do Rio Verde (200), Sinop (196), Nova Mutum (178), Campo Verde (149), Pontes e Lacerda (137), Barra do Garças (130), Alta Floresta (105), Cáceres (87), Campo Novo do Parecis (85), Querência (76), Jaciara (73), Sapezal (66) e Nossa Senhora do Livramento (60).

Fonte: Hipernotícias