É hora de pensar no coletivo

Fonte:

Em meio a tantas restrições como medida preventiva para conter a propagação do Coronavírus, muitos terão sua renda afetada pela quarentena.

O governo poderia criar formas de minimizar esses impactosA título de exemplo, os governantes mediante Decreto ou Lei (em caráter de urgência) poderiam reduzir ou até isentar de impostos as contas de água, luz e gás. Isentar e anistiar as parcelas do IPTU e IPVA da população, neste período de exceção.

Para se recolher em casa e evitar uma catástrofe maior, os empresários precisarão fechar as fábricas e comércios, em geral. O trabalhador autônomo também irá parar, assim, muita gente deixará de ter renda e terá um aumento significativo destes gastos.

Matéria continua após a publicidade

Com crianças em casa, o gasto com comida, energia e água, por favor exemplo, aumentam consideravelmente.

É nessa hora que o governo precisa agir para que a população tenha uma mínima tranquilidade financeira, para enfrentar o coronavírus em casa.

*JULIANO NARDEZ  é empresário em Cuiabá.