Derf prende suspeito de promover arrastões em condomínios de luxo de Cuiabá

Fonte:

A Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf)  prendeu na tarde deste domingo (21) um suspeito de ter participado do furto coletivo (arrastão) a quatro casas do condomínio de luxo Alphaville 2, na Avenida Érico Preza, no bairro Jardim Itália, em Cuiabá, na madrugada de hoje, conforme HiperNotícias publicou com exclusividade.

Segundo HiperNotícias apurou, o suspeito seria o mesmo de ter cometido os arrastões anteriores no Alphaville 2 e também no Condomínio Florais do Lagos. Embora ele tenha negado, a polícia tenta, agora, descobrir seus comparsas.

A investigação conduzida pelo delegado André Luís Prado Monteiro localizou o homem de 26 anos em uma residência no bairro São Simão, em Várzea Grande. Segundo a PFJ, além do flagrante, os policiais civis da Derf cumpriram contra o rapaz um mandado de prisão preventiva em relação a outro inquérito, de crime semelhante, ocorrido no mesmo condomínio.

Quatro residências foram invadidas, sendo que em três delas foram levados pertences dos moradores. Uma das casas houve arrombamento apenas, não sendo contabilizado até o momento nenhum objeto furtado. O site HiperNoticias apurou junto aos moradores que apenas de uma das casas furtadas neste domingo foram levados mais de R$ 100 mil em espécie e outros R$ 500 mil em jóias.
Matéria continua após a publicidade

Por meio de nota da Polícia Judiciária Civil, o delegado André Luís Prado Monteiro, que coordena as investigações, disse que o suspeito já era investigado pela delegacia por outros furtos ocorridos no mesmo condomínio no mês de maio. Com as investigações dos crimes anteriores, a equipe da Derf reuniu diversas provas, inclusive comparação de imagens, que levaram à autoria dos crimes e embasaram o pedido de prisão preventiva representada pelo delegado à Justiça e deferida pelo juízo da 6ª Vara Criminal de Cuiabá, que foi também cumprida neste domingo.

A investigação levantou ainda que o suspeito praticou todos os crimes da mesma forma, escalando o muro, danificando parte da cerca elétrica e invadindo o condomínio.

O delegado explica ainda que o suspeito tem passagem anterior pelo mesmo tipo de crime cometido em 2013, em um condomínio onde ele trabalhou como servente de construção civil, na região da Rodovia Helder Cândia, na Capital. Ele também cometeu furto em outro condomínio no Jardim Itália. “Ele tem um porte físico bem franzino, o que ajuda na escalada de muros. O suspeito foi localizado com várias escoriações no corpo que demonstram que se feriu ao escalar o muro”, informou.

O delegado acrescenta ainda que o suspeito trabalha em fazendas dos municípios de Santo Antônio de Leverger e de Diamantino e na região de Cuiabá trabalhava com fretes.

As equipes da Derf de Cuiabá seguem com as diligências para identificar se há outros envolvidos que possam ter dado apoio ao suspeito na prática dos crimes. (Com Assessoria da PJC)

Fonte: Hipernotícias