Denunciada a mortandade de peixes no Rio Teles Pires e Sema investiga usina em MT

Fonte:

Centenas de peixes mortos foram encontradas no Rio Teles Pires, próximo a Itaúba, em Sinop, a 509 quilômetros de Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (16). Os moradores da região registraram a mortandade em vários trechos do rio, um dos mais caudalosos do norte de Mato Grosso e Sul da Amazônia Legal.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) informou que, por meio da regional em Sinop, está investigando a causa das mortes e tomando as medidas administrativas e técnicas necessárias para solucionar o impacto ambiental causado no rio.

De acordo com a secretaria, após denúncias dos moradores, foi solicitado aos responsáveis pela Usina Hidrelétrica, localizada próxima ao Rio Teles Pires, informações complementares para apuração do ocorrido.

Matéria continua após a publicidade

“A pasta reitera seu compromisso com a conservação ambiental e desenvolvimento sustentável de Mato Grosso”, afirma.

Peixes foram encontrados mortos na manhã desta segunda-feira (16) — Foto: Jonathan Ferreira/Arquivo pessoal

Peixes foram encontrados mortos na manhã desta segunda-feira (16) — Foto: Jonathan Ferreira/Arquivo pessoal

O reportagem do Baixada Cuiabana entrou em contato com a Sinop Energia, empresa responsável pela usina, mas até a publicação desta matéria não obteve retorno.

No ano passado, a empresa já havia sido responsabilizada pela morte de 13 toneladas de peixes no Rio Teles Pires. À época, foi multada em R$ 50 milhões pelos danos ambientais causados.

Os moradores da região contaram à reportagem que a morte de peixes tem ocorrido com frequência no rio. Segundo eles, entre 2019 e os primeiros meses de 2020, a usina abriu as comportas cinco vezes e causou a fermentação da água, o que resultou na morte dos peixes.

No ano passado, empresa foi responsabilizada pela por de 13 toneladas de peixes — Foto: MP-MT/ Divulgação

No ano passado, empresa foi responsabilizada pela por de 13 toneladas de peixes — Foto: MP-MT/ Divulgação