Cuiabá é a 2ª capital em que mais se usa celular na direção

Fonte:

Cuiabá é a segunda capital do país em que mais se usa celular enquanto dirige, com 24% dos motoristas assumindo que cometem essa infração de trânsito. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na segunda-feira (24) e mostram que no país, em média, um a cada 5 motoristas usou o celular na direção em 2018, ou seja, cerca de 20%.

Em primeiro lugar nesse ranking ficou Belém, com 24,1% dos motoristas cometendo esse tipo de infração. Cuiabá está empatado em segundo lugar com Rio Branco, onde um a cada quatro motoristas dirigem e utilizam o celular.

Do outro lado do ranking, as capitais em que os motoristas menos utilizam o celular ao volante foram Salvador com 14,2% e Rio de Janeiro com 17,3%. No país, as pessoas que mais têm esse tipo de comportamento são jovens entre 25 e 24 anos.

Matéria continua após a publicidade

Cuiabá também foi destaque no quesito álcool e direção, ficando em quarto lugar entre as capitais, com 9,9% dos motoristas que admitiram ter esse comportamento. A capital como maior percentual de motoristas que bebem foi Palmas, com 14,2%.

Já as menores prevalências foram em Recife (2,2%), Rio de Janeiro (2,9%), Vitória (3,2%), Salvador (3,6%) e Natal (4,2%).

Os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, manusear o celular enquanto dirige é infração gravíssima, com 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,47.

Já consumir bebida alcoólica e dirigir gera multa de R$ 2.934,70 e suspensão da CNH por um ano. Nos casos em que for registrado mais de 0,05 miligramas de álcool por litro de ar expelido a questão é considerada crime e pode levar à prisão por até 8 anos.

Fonte: Gazeta Digital