37ª vítima do coronavírus trabalhava na Marfrig; empresa registra 25 infectados

Fonte:

O frigorífico Marfrig divulgou uma nota na tarde desta sexta-feira (22) informando que o número de colaboradores infectados pelo coronavírus subiu de 14 para 25 na sua unidade de Várzea Grande. A 37ª vítima de covid-19, em Mato Grosso, morava no município da região metropolitana de Cuiabá e trabalhava no frigorífico. A mulher, identificada como Maria Neta dos Santos, de 38 anos, tinha comorbidades que agravaram o quadro de saúde. Por meio da nota, a empresa também confirmou a morte da funcionária.

Segundos informações, Maria era obesa, sofria de diabetes e hipertensão. Ela ficou dois dias internada no Hospital Metropolitano. Essa semana, outro funcionário da empresa morreu após dias internado. A princípio ele estava com suspeita de Covid-19, no entanto, a doença foi descartada e constatada que uma pneumonia o levou à morte.

De acordo com a nota, a Marfrig adotou todos os procedimentos estipulados em seu plano de contingência,  realizando o inquérito epidemiológico e prontamente afastaram de maneira preventiva todos as pessoas contactantes diretos e indiretos, uma vez que, se encontram em isolamento domiciliar.

Matéria continua após a publicidade

Ainda segundo a nota, foram adotadas diversas medidas para a prevenção da doença nas unidades, entre elas, a aferição da temperatura de todos os colaboradores na entrada da empresa, o aumento do intervalo entre operações, a diminuição do fluxo no refeitório com diferentes intervalos para as refeições, o afastamento dos colaboradores com sintomas de gripe, grávidas, portadores de doenças crônicas e acima de 60 anos.

Leia às notas na integra:

A Marfrig foi notificada sobre o teste positivo do total de 25 colaboradores da unidade de Várzea Grande, no Mato Grosso.  Imediatamente, a companhia adotou todos os procedimentos estipulados em seu plano de contingência: realizou o inquérito epidemiológico e prontamente afastaram de maneira preventiva todos os contactantes diretos e indiretos que estão em isolamento domiciliar. Adicionalmente a Marfrig está seguindo todas as determinações da vigilância epidemiológica do município que, na quinta-feira passada, dia 14 de maio, fez uma visita a planta e, após análise, aprovou todas as ações feitas e o plano de contingência para a unidade.

A companhia adotou diversas medidas para a prevenção da doença em suas unidades, entre as quais, a aferição da  temperatura de todos os colaboradores na entrada da empresa, o aumento do intervalo entre operações, a diminuição do fluxo no refeitório com diferentes intervalos para as refeições, o afastamento dos colaboradores com sintomas de gripe, grávidas, portadores de doenças crônicas e acima de 60 anos.

Reforçou ainda a equipe médica para intensificar o monitoramento dos casos, fortaleceu o uso de EPIs e a comunicação quanto as medidas de prevenção e uso correto das máscaras dentro da indústria. Como mais uma maneira de fortalecer as medidas preventivas a companhia realizou a desinfecção total da unidade e todos os colaboradores estão sendo vacinados contra H1N1.

Notificação da morte:

A Marfrig foi notificada que uma colaboradora que atuava no setor de desossa na unidade de Várzea Grande, no estado do Mato Grosso, veio a óbito em função do agravamento do seu quadro de saúde por conta do novo Coronavírus. A funcionária estava de férias desde o dia 4 de maio.

A empresa lamenta profundamente o fato e vem tomando todas as providências no sentido de auxiliar os familiares.

Fonte: RD News